", }); });
Terça, 25 de Junho de 2024 08:48
(62) 9 84257527
Brasil Notas automotivas

Stellantis segue líder no Brasil, Argentina e América do Sul

Grupo se destaca no mercado sul-americano em maio com 333 mil unidades emplacadas

09/06/2024 14h36
Por: Sérgio Dias Fonte: Sérgio Dias
Stellantis segue líder no Brasil, Argentina e América do Sul/Divulgação
Stellantis segue líder no Brasil, Argentina e América do Sul/Divulgação

A Stellantis encerrou o mês de maio como líder no mercado de automóveis e comerciais leves no Brasil, Argentina e América do Sul. Foram emplacados mais de 68 mil veículos na região, representando 22,4% de market share.

A Fiat encerrou o mês com três modelos entre os dez mais vendidos

No acumulado do ano, a empresa manteve seu desempenho de liderança no mercado sul-americano, com 333 mil unidades vendidas e 22,8% de participação.

No Brasil, a Stellantis encerrou o mês de maio com 53,9 mil veículos emplacados, alcançando uma participação de mercado de 29,3%. No acumulado do ano, a empresa mantém a liderança de vendas no Brasil, com mais de 259 mil unidades emplacadas e uma participação de 29,6% nas vendas totais no período.

Continua após a publicidade

Em maio, a Fiat conquistou 21% de market share, com 38.686 veículos emplacados, 11 mil unidades a mais do que o segundo colocado. A marca também apresentou um crescimento de 0,9 ponto percentual em participação de mercado comparado ao mês anterior. Além disso, a picape Strada garantiu a posição número um do pódio no quinto mês do ano, com 6,0% de market share, retomando a liderança.

A Rampage, primeira picape Ram produzida no Brasil, continua sendo o destaque nas vendas da marca

A Fiat encerrou o mês com três modelos entre os dez mais vendidos. Em primeiro lugar, a Strada registrou 10.973 veículos vendidos. O Mobi ficou na sexta colocação, com 6.148 emplacamentos, enquanto o Argo alcançou a nona posição, com 5.552 unidades comercializadas.

Vale destacar ainda o resultado da Fiat Toro em maio, que garantiu a maior participação no mercado em geral desde agosto de 2023, com 2,3%, e em seu segmento desde setembro do mesmo ano, com 44,2%, e ainda liderou entre as C e D picapes com 4.313 unidades vendidas.

Em maio, a Jeep emplacou 8.643 veículos, o que fez com que a marca subisse no ranking das mais vendidas no Brasil, alcançando a sexta colocação e aumentando sua participação de mercado em 0,2 p.p. comparado ao mês anterior.

Um dos destaques da marca em maio foi o Commander, que atingiu seu melhor desempenho em 2024. Com um total de 1.175 unidades emplacadas em maio e 5.495 unidades no acumulado do ano, o modelo se consolida como o SUV de sete lugares mais vendido do país.

Já o Compass manteve a liderança entre os SUVs médios no acumulado do ano, com 18.847 unidades vendidas em 2024. Essas vendas, somadas à boa performance do Jeep Renegade, com 18.957 emplacamentos no ano, fizeram a Jeep chegar às 43.751 unidades vendidas em 2024. Vale ressaltar, ainda, que ambos estão no top 10 dos SUVs mais comercializados do Brasil esse ano.

O Jeep Compass manteve a liderança entre os SUVs médios no acumulado do ano

Em maio, a Ram registrou um aumento de 208% nas vendas em comparação com o mesmo período de 2023, com 2.274 veículos comercializados, atingindo 1,27% de participação no mercado total. A Rampage, primeira picape Ram produzida no Brasil, continua sendo o destaque nas vendas da marca, com 1.733 unidades comercializadas em maio.

Em relação aos resultados de vendas da Ram no acumulado do ano, a marca emplacou 196% a mais que no mesmo período de 2023, alcançando 1,4% de participação no mercado total. Com 11.881 picapes comercializadas, a Ram se classifica no top 5 do mercado de picapes.

Na Argentina, a Stellantis avança na liderança do mercado automotivo, com 8,8 mil unidades vendidas no quinto mês do ano. Já no período de janeiro a maio, o mercado argentino registrou 45,7 mil veículos emplacados, com uma participação de 31,6% da empresa.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias